sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Loucura?


Esta composição literária se chama indriso. Para saber mais, consulte:
FABRE, Mardilê Friedrich. Rumos da Poética no Século XXI. São Leopoldo, Oikos, 2011.

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns, Mardilê Friedrich Fabre, belo Indriso, gostei muito. Bjs poéticos de Veraiz Souza

Celso Ferruda disse...

Sempre um prazer comentar obras suas.
-este indriso nos remete a refletir entre a razão e a loucura.qual estou passando neste poema? Será por ser poetisa?...por fazer uma viagem ao passado diferente do presente?...ou ainda o amar demais fixou eternamente a possível loucura..sentimento..ou razão?

Anônimo disse...

Conheço. É uma variante menor do soneto. Um belo indriso. Paulo Pinto