sábado, 12 de fevereiro de 2011

Primavera





Primavera


A beleza voltou a reinar.
No jardim, há cores na vida.
O perfume se espalha no ar.
O sol seduz a flor querida.


A abelha na árvore florida
seu alimento vem buscar.
A beleza voltou a reinar.
No jardim, há cores na vida.


A borboleta quer beijar
a rosa vermelha escolhida
pelo beija-flor para amar.
É a primavera renascida.
A beleza voltou a reinar.






Paixão Sorrateira


A paixão chegou sorrateira.
Eu não entendi os sinais,
Declarara-me prisioneira.
Cega, notei tarde demais.


Meu coração não cantou mais,
E a angústia dominou-me inteira.
A paixão chegou sorrateira.
Eu não entendi os sinais.


Da morbidez fiz companheira
Nas horas movidas por ais.
Com a mania rotineira
De sonhar emoções fatais,
A paixão chegou sorrateira.



Mardilê Friedrich Fabre

Imagem: Google

3 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Fico alegre em ver minha mestra com um blog, divulgando informação, cultura e beleza!
Meu parabéns, Mardilê. O blog comunica muito, você vai notar! Lindas, as suas postagens.
Pela minha identidade Google, é fácil chegar ao meu blog, que comecei com um artigo seu, apresentando meu livro. Parabéns outra vez!

Beijos,
Jorge

Parole disse...

Suas poesias são lindas e delicadas.
Gostei muito.
Virei outras vezes para te ler.

Beijinho

Jussara Petry - (Ponte, Passagem, Encontro) disse...

Doce doce Mardlê....ler-te é saber de cores, amores e sabores...doces é claro!

Nesta fonte vim e a ela retornarei.

Beijo,
Ju