sexta-feira, 10 de maio de 2013

MÃE



Desbota teu rosto na saudade,
Pulsa forte no peito a lembrança
Do teu sorriso cheio de bondade.

Cercavas-me com tua alegria.
Eram momentos de confiança
Contar-te as aventuras do dia.

Fortificavas-me nos teus braços,
Defendendo-me dos embaraços.

Semeaste em mim o amor e o bem.
Teu empenho fez-me ser alguém.



Mardilê Friedrich Fabre


Imagem: Google

4 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Delicada homenagem que Mardilê faz ao Dia das Mães, de modo especial àquela que lhe gerou e transmitiu amor.
Abraço.
Jorge

Regina Lyra disse...

Poema homenagem muito bonito.
Beijos e Feliz Dia das Mães.
Regina Lyra

Anônimo disse...

Bonita a imagem que vc desenha de sua mãe, Mardilê. Sorriso acolhedor pronto a fazer par com os seus braços: percebo semelhanças, é quase como vejo vc. (e certamente, é como vc é vista enquanto mãe).

Aproveito o momento para desejar-lhe um lindo domingo, especial por comemorar o “Dia das “ Mães”.

Um, carinhoso abraço. Irany

pericles disse...

me lembra muito a tia Augusta, esta homenagem as mães, me transportou a minha querida mãe Marieta, que deve tambem te acompanhar sempre