sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Blandícia


11 comentários:

Anônimo disse...

Belo poema. Josmar Divino Ferreira

Anônimo disse...

Linda poesia. Ótima poetisa. Maria Arezi

Jorge Sader Filho disse...

Poesia sentida.
Abraço, Mardilê.

Anônimo disse...

Mardilê, querida, mt lindo, delicado e tocante o seu poema. Adorei!
Bjinhos.
irany

Anônimo disse...

Mardilê, querida, mt lindo, delicado e tocante o seu poema. Adorei!
Bjinhos.
irany

Anônimo disse...

Show de versos! Parabéns! Nievi Merino Guerra.

Anônimo disse...

Belíssimo. Parabéns. Pedro Passamani

Celso Ferruda disse...

Lindo seu poema Mardile. ..Abraços e bom domingo. ..

Celso Ferruda disse...

Lindo seu poema Mardile. ..Abraços e bom domingo. ..

Ceres Marylise Rebouças de Souza disse...

Quanta leveza nesses versos quase etéreos como um anjo!

Beijo, querida.

Ceres

Rosimeire Leal da Motta Piredda disse...

Parabéns! Bela poesia! Sou fa de todos os seus escritos, pois você escreve com a alma... seus textos sao cheios de sentimentos...