sexta-feira, 1 de julho de 2011

Ser poeta





Ser poeta
 

Sonhar mais que sufocar...
Entusiasmar mais que amargurar...
Rimar mais que falar...

Pulsar mais que agitar...
Ousar mais que observar...
Energizar mais que explicar...
Temporalizar mais que teorizar...
Amar mais que desprezar...


Mardilê Friedrich Fabre

Imagem: Google 

4 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

A arte de Mardilê com toda sua expressão.
É ler e gostar!

Forte abraço,
Jorge

Jussara Petry - (Ponte, Passagem, Encontro) disse...

Linda...melodiosa. Explicitamente pueril e romanesca, como você, querida Mardilê. Saudades.Ju

Parole disse...

Seus acrósticos são encantadores.

Gostei :)

Beijinhos

Anônimo disse...

Tens o dom de expressar o que vai dentro de ti ... gosto disso ... Um beijão.

Fábio Fleck