sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Devaneios




Teoria deste tipo de composição literária:
http://comocriarpoemas.blogspot.com.br/2015/06/oitava-intercalada.html


6 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

A fantasia move a todos nós; os devaneios, aos apaixonados e aos poetas.
Abraço, amiga Mardilê.

Anônimo disse...

Fantástico! Ilda Maria Costa bBrasil

Anônimo disse...

Bela inspiração. Marli Schneider

Anônimo disse...

Belo poema. Denise Breton Ilha

Anônimo disse...

Só quem não amou um amor arredio, difícil de ser capturado, é que não entende das urdiduras das quais vc nos fala.
Penso eu, mas não estou segura se posso interpretar assim.
Amei a sua criação.
Bjinhos.
Irany

Celso Correa de Freitas disse...

O destino tecendo nossas vidas. Parabéns!