sexta-feira, 8 de junho de 2012

Presente


Minha vida é dote divino,
Por isso a defendo com zelo,
E a angústia, e o receio elimino.

Foi a mim ofertada pelo
Criador meuonipotente,
Meu paimeu mestremeu modelo.

Vivo-a benevolentemente,
Cultivo-a com muito cuidado.
As mazelas trato-as de frente.

Aturdo-me, às vezesmas brado
Dificuldadesdestemida,
Atrás do impossível sonhado.

O misterioso me intimida,
Humana que sou neste mundo,
vida não é  ferida.


Então de resplendor me inundo.





12 comentários:

Anônimo disse...

Adorei, tu és minha ídola!Bj

Anônimo disse...

Quero te cumprimentar.Nunca fui de fazer versos, nada mais do que um olhar.Mas contigo de caminhante ,dá vontade de caminhar. Mariolinda

Anezinha disse...

lindo amiga! não conhecia! belo mesmo!
bj
Rose

Anezinha disse...

belo! não conhecia! bj
Rose

Anezinha disse...

lindo!
Rose

Jorge Sader Filho disse...

Não conhecia este tipo de poema, Mardilê. É muito interessante e parece oferecer muitos recursos.
Nas mãos da mestra, mostrou o afirmado.

Abraço,
Jorge

elvirah disse...

A poesia é linda! A guriazinha da foto é uma graça... Abraço, Elvira

Anônimo disse...

Querida Mardilê,

Visitei o teu blog. Estás de parabéns, pois ele está ótimo.
Um abraço da
Nilva

Anônimo disse...

Mardi,
Adorei. Muitos bjs, Chica

Anônimo disse...

Muito lindinha, hein? Gostei muito do poema. Parecido contigo: delicado na forma, forte no conteúdo.
Bj,
Jane

Anônimo disse...

Oi amiga. A lindinha é lindinha mesmo. E o que eu li a seguir tb é muito lindo. É poesia, é afeto e carinho. Lindo, lindo. Abç. Lia

Ivizz disse...

Boa noite, essa postagem é bem antiga mas se alguém poder me ajudar ficaria grato. recentemente lí o inferno de Dan Brown, oque me inspirou a ler A divina comédia. e queria tirar uma duvida sobre a "terza rima" criada por Dante. se alguem poder enumera esse texto na ordem da terza rima ficaria muito grato.. (não é um trecho da comédia mas já me ajudaria).


Minha vida é dote divino,
Por isso a defendo com zelo,
E a angústia, e o receio elimino.

Foi a mim ofertada pelo
Criador meu, onipotente,
Meu pai, meu mestre, meu modelo.